logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: Ethos e Relações Dialógicas nas Obras de Autoajuda Para a Terceira Idade
Autor(es): Michele Cristina Barquete Ueda. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 23/10/2019
Palavra-chave Autoajuda,Ethos,Dialogismo
Resumo O presente trabalho tem por finalidade apresentar um estudo do discurso de autoajuda destinado à terceira idade. Para tanto, será exposta uma análise do ethos de tal discurso, tendo por base o estudo da modalidade predominante na superfície textual. O estudo do ethos apóia-se nas considerações teóricas feitas por Dominique Maingueneau a respeito do assunto. Em seus trabalhos, o autor considera o ethos como a imagem relacionada ao sujeito enunciador do discurso, revelada pelo próprio modo como esse sujeito enuncia. No caso das obras analisadas, optou-se por verificar o tipo de modalização predominante na superfície textual e os efeitos de sentido que provocam nesse discurso, tendo em vista que a modalização confere um determinado tom ao discurso, que pode ser, dentre outros, um tom de certeza, ou de dúvida, ou de afetividade ou ainda de autoridade. O estudo da modalidade tem por base as pesquisas de Hengeveld sobre o tema. A pesquisa também inclui uma análise das relações dialógicas presentes nessas obras, com o intuito de verificar quais tipos de discursos se fazem mais presentes nesse tipo de livro. O estudo das relações dialógicas tem como fundamentação teórica as reflexões de Bakhtin com relação ao tema. O autor afirma que o dialogismo diz respeito às relações de sentido que se estabelecem entre dois enunciados do ponto de vista constitutivo, referindo-se ao modo de funcionamento de toda linguagem em uso. De acordo com o autor, toda palavra tem por natureza a propriedade de ser dialógica, ou seja, “todo discurso que fale de qualquer objeto não está voltado para a realidade em si, mas para os discursos que a circundam” (Bakthin, 1988, p.88). As obras que constituem o corpus da pesquisa são, até o momento, dois livros de autoajuda voltados, exclusivamente, à terceira idade: “Envelhecer e Ser Feliz”, de Saldanha Coelho, e “Os Segredos da Terceira Idade”, de Lauro Trevisam.