logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: Paratradução: uma análise das traduções do título de “Relato de um Certo Oriente”, de Milton Hatoum
Autor(es): Elisa Oliveira Cmara. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 21/10/2019
Palavra-chave paratraduo,paratextos,Milton Hatoum
Resumo Os Estudos da Tradução ainda são escassos no que tange às práticas editoriais, à importância da tradução e ao papel do tradutor dentro das editoras (MILTON; MARTINS, 2010). No entanto, já faz algum tempo que a tarefa do tradutor vem sendo concebida de modo mais abrangente, e os Estudos da Tradução, por sua vez, têm sido cada vez mais vistos de modo transdisciplinar (BALTRUSCH, 2008), relacionados não apenas aos aspectos linguísticos do texto, mas também às suas questões políticas, ideológicas, sociais, estéticas, históricas, dentre tantas outras. Considerando-se a incorporação dessas questões no âmbito da tradução, mais recentemente tem-se percebido a necessidade de se levar em conta também os demais elementos presentes no texto a ser traduzido, isto é, os paratextos literários. Esses, conforme concebidos por Genette (2009), são tudo aquilo o que cerca, prolonga, apresenta, acompanha e envolve o texto base – e que também são carregados de elementos simbólicos e referências culturais, ideológicas, históricas, etc. Refletindo sobre a concepção de paratexto, o grupo de pesquisa Traducción & Paratraducción da Universidade de Vigo, fundado em 2005, criou a noção de paratradução, partindo do pressuposto de que se, segundo Genette (2009), não existe nem nunca existiu um texto sem seus correspondentes paratextos, também não deve existir tradução sem sua correspondente paratradução (FRÍAS, 2007). No contexto literário, as capas e títulos dos livros constituem importantes elementos paratextuais que alimentam a expectativa dos leitores em relação ao seu conteúdo. No entanto, o conhecimento geral das práticas editoriais leva a crer que dificilmente o tradutor participa das decisões relacionadas a tais elementos no livro traduzido. Assim sendo, um dos objetivos do grupo T&P é destacar a necessidade do diálogo e da negociação entre tradutores e editores – que é de extrema importância para se cumprir o principal objetivo de qualquer mediação paratextual, isto é, sempre publicar as traduções com suas correspondentes paratraduções (FRÍAS, 2012). Buscando divulgar a proposta do grupo e reforçar, por meio da paratradução, a questão da figura visível do tradutor em suas traduções publicadas (VENUTI, 1995), propõe-se uma análise paratextual tratando da questão da tradução do título do livro “Relato de um Certo Oriente”, de Milton Hatoum, curiosamente traduzido para “The Tree of the Seventh Heaven” na edição americana e “Tale of a Certain Orient” na edição britânica.