logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: Canções em cena: diálogo entre gêneros no filme musical
Autor(es): Nicole Mioni Serni. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 21/10/2019
Palavra-chave dilogo,gnero,cinema
Resumo Este trabalho integra uma pesquisa maior, de mestrado, que analisa o filme musical Across the Universe sob a ótica dos estudos do Círculo Bakhtin, Medved, Volchinov, tendo como objetivo refletir, por meio de uma análise dialógica, acerca da constituição da arquitetônica do filme musical como tipo peculiar do gênero cinema, assim como analisar como o filme em questão incorpora as canções da banda The Beatles como tema de seu discurso. Esta comunicação busca compreender as relações existentes no filme com as questões políticas e sociais norte-americanas dos anos sessenta, bem como com alguns acontecimentos contemporâneos. Para Bakhtin, o diálogo é a interação verbal em sentido amplo, pois a comunicação se constrói não apenas em voz alta, na interação face a face, mas também por meio daquilo que não foi dito, do se encontra na memória, do que se espera que seja respondido e do que de fato se responde. Ao considerar o conceito de diálogo do Círculo como a relação que se dá entre discursos, ressalta-se que essa relação não necessariamente acontece entre enunciados que se constituem num mesmo momento histórico ou entre enunciados que já aconteceram, mas também entre enunciados que ainda estão por vir. A importância desta pesquisa se encontra na contribuição que se pretende realizar para o entendimento da formação de gêneros a partir da relação com outros gêneros. O filme Across the Universe pode ser reconhecido como um tipo específico de filme, o musical, sendo a principal peculiaridade deste tipo a presença da canção na construção da narrativa. Segundo o Círculo russo, os gêneros são relativamente estáveis, portanto tem-se de considerar tanto sua estabilidade (tipificação) quanto a possibilidade de sua variação, que gera outros tipos ou mesmo outros gêneros, dada a relatividade dos gêneros discursivos, que podem ser pensados em sua arquitetônica e nas esferas de atividade em que são compostos e nas quais circulam. A composição do cinema, assim como a da canção, é intergenérica, pois possui relações entre gêneros como parte essencial da sua produção. A canção, aqui considerada como um gênero,é elemento constitutivo do filme escolhido e sua presença é de extrema importância na formação do tipo musical. (Apoio: CNPq - Processo: 132467/2012-7)