logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: Uma pancada na real cabeça - seleção lexical em ofício do Conde de Oeiras sobre um ataque ao rei de Portugal
Autor(es): RENATA FERREIRA MUNHOZ. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 23/10/2019
Palavra-chave Filologia,Manuscritos,Sculo XVIII
Resumo Este trabalho tem o intuito de estudar a seleção lexical de fontes manuscritas, a partir do cotejo de duas lições de um ofício enviado pelo Conde de Oeiras (posteriormente, o Marquês de Pombal) ao Morgado de Mateus em seu período de governo como capitão general da capitania de São Paulo, no final do século XVIII, narrando de forma pitoresca um ataque sofrido pelo rei português. O texto manuscrito, rico em detalhes e datado de 19 de dezembro de 1769, será estudado em sua primeira via, com a assinatura autógrafa do Conde de Oeiras em comparação com uma cópia, provavelmente produzida na capitania de São Paulo. O primeiro testemunho encontra-se arquivado em versão microfilmada na Biblioteca Nacional do Rio de Janeiro, como parte do Fundo Morgado de Mateus; enquanto a cópia pode ser pesquisada diretamente no livro em que se encontra encadernada no acervo do Arquivo Público do Estado de São Paulo. Como aporte metodológico, serão empregadas as seguintes etapas: I. A produção da transcrição semidiplomática, pois, segundo Cambraia (1999, p. 13-23), para estudos linguísticos é simplesmente inviável uma edição de textos antigos totalmente transcritos no português atual, pois se perderiam todas as particularidades essenciais da escrita do período. II. A realização da collatio ou colação, enquanto a primeira parte da operação de edição crítica, em que serão comparadas as duas lições, embora sem o interesse de reconstituir o texto original, em busca de se verificarem as variantes, de forma a construir a etapa seguinte. III. A montagem do aparato crítico ou aparato de variantes, em que serão registrados os termos que apresentarem variação de forma no processo de transmissão da primeira versão à cópia. IV. O estudo da seleção e emprego de itens lexicais na construção do discurso veiculado no documento manuscrito. Assim, este trabalho intenciona apresentar as edições semidiplomáticas como meio de reprodução textual dos dois testemuhos do documento estudado, ainda não publicado; analisar as diferenças gráficas; compor um aparato crítico e, sobretudo, estudar o léxico empregado na correspondência formal entre os dois governantes, realçando os vocábulos usados nos parágrafos que narram o ataque cometido por um mendigo contra o rei, enquanto este passeava a cavalo em um domingo. Intenciona-se, deste modo, que este trabalho possa servir de incentivo a novas pesquisas filológicas e, por seu caráter curioso, possa despertar nos leitores o interesse pelos manuscritos enquanto fontes de dados não apenas linguísticos, mas também históricos e culturais.