logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: FORMAS DE CITAÇÃO NO ENSINO DE LÍNGUA PORTUGUESA
Autor(es): Duane Valentim. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 23/10/2019
Palavra-chave Enunciao,Semantica,Ensino de Lngua
Resumo Este trabalho aborda questões de ensino e aprendizagem de língua sob a ótica enunciativa e investiga os mecanismos de instauração discursiva, tais como o discurso direto, discurso indireto e discurso indireto livre nas produções textuais de alunos de diferentes períodos do ensino escolar, pensando na forma como o discurso reportado é trabalhado no ensino e a forma como os alunos operam com tais discursos. Essas três formas de citação, se observadas em textos jornalísticos e em textos literários, comportam-se de maneira diferente daquele preconizado pelas gramáticas e materiais didáticos e, então, vislumbrado nas produções de textos escolares. Enquanto nesses últimos focalizam-se as regras de pontuação ou as regras de transposição do discurso direto ao discurso indireto, nos demais contextos - entre os quais selecionamos o meio jornalístico - é possível observar a quebra de regras pela imbricação dessas formas de citação, o que gera variados sentidos. Julgando que essa imbricação de formas discursivas, nem sempre condizente com as normas linguísticas, possa tratar-se de uma estratégia linguística interessante que põe em relação a subjetividade e a objetividade ou a aproximação e o distanciamento entre interlocutores, consideramos pertinente pensar o modo como o discurso direto, o discurso indireto e o discurso indireto livre são abordados e avaliados no ensino de língua, em especial, no processo de produção de texto, uma vez que o objetivo do ensino de língua é desenvolver a capacidade discursiva dos alunos. Como suporte deste trabalho, nos apoiamos na Teoria das Operações Predicativas e Enunciativas, referencial teórico que tem Antoine Culioli como fundador e pela qual pretendemos mostrar à pertinência de se abordar no ensino a articulação entre a produção textual e as formas de citação discursivas, as noções de linguagem e língua, de gramática e produção e interpretação de texto, levando o aluno a observar que dentre as diferentes possibilidades de dizer, há aquelas que podem se ajustar mais ou menos à significação desejada.