logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: Metafonia: Um estudo do fenômeno linguístico nas gramáticas de Eduardo Carlos Pereira
Autor(es): Nadia Prandini. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 23/10/2019
Palavra-chave Metafonia,Semntica,Gramticas
Resumo Este trabalho faz um estudo das gramáticas de Eduardo Carlos Pereira: a Grammatica Expositiva (curso superior), de 1907, Grammatica Expositiva (curso elementar), 1907, e a Gramática Histórica, de 1916. Os estudos gramaticais nos permitem refletir questões sobre a construção e a formação de uma língua, oferece, também, pois como afirma Orlandi (1996), uma relação do sujeito com a sociedade e com a história. A gramática sendo um objeto, um instrumento linguístico (AUROUX, 1992) que possibilita a descrição e a prescrição de uma determinada língua, permite o acesso a um saber múltiplo que, embora principie naturalmente na consciência de qualquer usuário da língua, nenhum falante contemplaria de forma espontânea. O fato de optar pelas gramáticas de Eduardo Carlos Pereira é justamente por apresentar-se como obras básicas para a aprendizagem da Língua Portuguesa, de uma forma técnica e sintética; e por resultar da interação da História das Ideias com o conhecimento linguístico, em uma única obra inserida em um determinado período cultural e social; pois, como coloca Auroux (2008, p.141) “a produção de conhecimento não é ela mesma sem relação com a temporalidade”. Neste caso, a temporalidade é um efeito que causa a produção de vários sentidos. Além de nos atentar para as gramáticas de Pereira, este estudo busca observar o fenômeno linguístico da metafonia que, etimologicamente, significa “mudança de som”, utilizado no português para se referir à mudança do timbre das vogais médias anteriores e posteriores /e/ e /o/, respectivamente, que em oposição à tonicidade, resulta na abertura de uma dessas vogais por influência das vogais altas /i/ e /u/ que são átonas finais. A metafonia é, portanto, uma mudança de timbre de uma vogal tônica que sofreu influência de uma outra vogal. Há uma certa dificuldade em determinar o momento em que a metafonia ocorre, por isso optamos em analisa-la pelo viés da Semântica do Acontecimento, que segundo Guimarães (2005), observamos o significado das expressões linguísticas em um enunciado por meio da relação que elas têm com um acontecimento no qual estão inseridas. Portanto, este estudo buscará contribuir com uma reflexão a mais nos estudos da linguagem e os seus sentidos inseridos no fenômeno linguístico da metafonia pela concepção enunciativa e histórica da linguagem.