logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: Ethos e cenografia: a imagem construída do Supremo Tribunal Federal pela Revista Veja
Autor(es): Dbora Margot Soares de Souza. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 21/10/2019
Palavra-chave ethos,cenografia,rede lexical
Resumo A construção linguístico-discursiva tem seu sentido materializado na relação texto e leitor. Nos casos dos textos jornalísticos, como a notícia, isso se manifesta como “resultado de um discurso elaborado de forma complexa, além de representar determinados aspectos da realidade cotidiana, contribuem para construir socialmente novas realidades e novos referentes.” (SOUSA, 2002, p. 13) Diante desse quadro, a Análise do Discurso trabalha com o conceito de ethos, a partir da releitura desse conceito aristotélico (AMOSSY, 2011; MAINGUENEAU, 2008), e de cenografia (MAINGUENEAU, 2011), identificando e estabelecendo as relações de sentido em torno da(s) imagem(ns) criada(s) nesses textos no espaço da mídia impressa ou digital, como afirma Charaudeau, em Discurso das Mídias (2012). Neste trabalho, será analisada a constituição do ethos e da cenografia construída pela mídia na reportagem “O triunfo da Justiça” publicada pela Revista Veja, em 10 de outubro de 2012. Esta análise pretende apontar como a rede lexical, a organização textual e o impacto da imagem presentes na reportagem criam o efeito de sentido pretendido pelo enunciador que procura manipular o leitor dando credibilidade a performance dos atores sociais no teatro midiático criando com isso um contexto que propiciará a interpretação e aceitação do leitor (cf. MAINGUENEAU, 2011; AMOSSY, 2011; CHARAUDEAU, 2012). Neste caso, dentro do universo da prática social do sujeito Joaquim Barbosa, o ethos vai sendo desenhado para que, junto com a cenografia, o leitor possa construir um juízo de valor recorrendo à construção e ressignificação de uma memória coletiva que se desloca para o passado injusto do menino pobre que se torna referência social. Produzido o efeito de sentido de identificação e transferência do leitor para a imagem construída de Joaquim Barbosa, o ministro se cristaliza no ethos daquele que supera todas as adversidades, sendo apresentado e considerado por muitos um marco na ascensão do homem negro brasileiro.