logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: Os advérbios em -mente no Português Arcaico: um estudo do estatuto prosódico dessas formas
Autor(es): Thais Holanda de Abreu-Zorzi. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 21/10/2019
Palavra-chave advrbios em -mente, cantigas medievais, estatuto prosdico
Resumo A presente comunicação tem o intuito de apresentar um estudo dos advérbios em -mente no Português Arcaico (PA), século XIII. As formas adverbiais em PA são analisadas por meio de um corpus constituído pelas 420 cantigas religiosas em louvor à Virgem Maria, denominadas Cantigas de Santa Maria, compiladas pelo Rei Sábio de Castela, Afonso X, e pelas 1251 cantigas profanas (510 de amigo, 431 de escárnio e maldizer e 310 de amor). A partir do mapeamento dessas formas nas cantigas medievais, pretendemos discutir o estatuto prosódico das formas adverbiais em -mente como formas simples (um acento lexical) ou compostas (dois acentos lexicais) sob a ótica das Fonologias não-lineares, sobretudo as Fonologias Prosódica e Lexical. A metodologia utilizada é similar à proposta por Massini-Cagliari em seus trabalhos de 1995 e 2005 - por meio da escansão dos versos em que se encontram as ocorrências mapeadas poderemos localizar o acento poético e, consequentemente, o acento nas palavras, facilitando a investigação da estrutura prosódica das formas adverbiais em -mente de um período da língua em que não existem mais falantes nativos vivos. A discussão sobre o estatuto prosódico dos advérbios em -mente é algo que já vem sendo feito para o Português Brasileiro (PB). A maioria dos estudiosos, a citar alguns deles - Lee (1995, p.171) e Cagliari (1997) - afirma que essas formações podem ter mais de um acento no PB - o acento de palavra da base adjetival e o acento do “sufixo” -mente, que na origem de nossa língua era um substantivo e, portanto, portador de um acento de palavra. Logo, tais formas no PB podem ser classificadas como compostas. No caso das formas adverbiais em -mente coletadas no PA, os resultados preliminares apontam para o fato de essas formações serem portadoras de dois acentos - um lexical e um secundário. A principal evidência para tal afirmação é que muitas das ocorrências mapeadas estão em posição de rima e a base adjetival e o “sufixo” -mente aparecem em versos diferentes, o que mostra certa independência da base e do “sufixo”, cada um com seu acento próprio. Além disso, algumas vezes os componentes morfológicos dos advérbios em -mente não são grafados juntos, nos apontando a possibilidade de se tratarem de formas autônomas, também com acentos próprios, nos levando a inferir que os advérbios em -mente no PA poderiam ser compostos, do ponto de vista fonológico. (Apoio: FAPESP – Processo 2011/18933-8)