logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: GLOSSÁRIO BILÍNGUE DOS TERMOS FUNDAMENTAIS DO SETOR FEIRÍSTICO: BUSCA DE EQUIVALÊNCIAS EM INGLÊS
Autor(es): Ariane Dutra Fante Godoy, Maurizio Babini. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 21/10/2019
Palavra-chave
Resumo O objetivo geral de nosso projeto é analisar a Terminologia bilíngue português-inglês do domínio das feiras, mais especificamente proceder à análise dos termos fundamentais utilizados durante o processo de preparação, participação e pós-feira, refletindo sobre os principais problemas encontrados na busca das equivalências. O objetivo específico de nosso projeto é a elaboração de um glossário bilíngue para uso de profissionais do setor feirístico, pesquisadores e estudantes das áreas de comércio exterior e relações internacionais e tradutores. A pesquisa está fundamentada nos conceitos e princípios básicos de Terminologia de (Barros, 2004), (Krieger & Finatto, 2004), Alves (2007) e Barbosa (2009), nos conceitos de Terminologia Multilíngue e Equivalência Terminológica de (Dubuc, 1985) e (Cabré, 1993, 1999) e nos conceitos de Linguística de Corpus de (Berber Sardinha, 2004) e de Dicionário Onomasiológico (Babini, 2006). Reunimos corpora nas duas línguas, que são constituídos de livros, artigos e revistas especializados, manuais, estudo de mercado das feiras, trabalhos acadêmicos, leis, decretos e portarias sobre feiras. Além dessas fontes, utilizamos para nossas buscas como corpus de apoio, dicionários especializados de comércio exterior, marketing e propaganda e administração. Para a coleta dos termos adotamos a metodologia de pesquisa utilizada na terminologia bilíngue ou multilíngue. Os dados foram coletados por meio de software para processamento de corpora e armazenados em fichas terminológicas, neste caso utilizamos o programa para banco de dados Access. Estes dados estão sendo organizados em sistemas nocionais. Em seguida faremos a comparação dos sistemas conceptuais nas duas línguas estudadas e o estabelecimento das equivalências em inglês, de acordo com a teoria de equivalência de Dubuc. Posteriormente, procederemos à elaboração da macroestrutura, microestrutura e sistema de remissivas do glossário, de acordo com Barros. Por fim, seguiremos para a elaboração do glossário bilíngue português/inglês dos termos fundamentais do domínio das feiras. Uma vez concluído nosso glossário, procederemos à análise do conjunto de termos fundamentais do setor feirístico destacando os principais problemas encontrados na busca e no estabelecimento de equivalências em inglês. Tendo em vista a importância atual das feiras para o crescimento da economia interna e para expansão das exportações do país, e a falta de obras terminográficas sobre esse domínio, acreditamos que nosso trabalho possa servir tanto para os profissionais envolvidos no setor quanto, de modo geral, para pesquisadores e estudantes, bem como para os tradutores que produzem textos nas línguas alvo de nosso estudo. (Apoio: FAPESP - Processo 2012/09499-5).