logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: MANOBRAS DISCURSIVAS: A SOBREASSEVERAÇÃO DE NOTÍCIAS ONLINE
Autor(es): Sonia Aparecida Lopes Benites. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 21/10/2019
Palavra-chave
Resumo A definição do que pode/deve circular em campanhas eleitorais é uma necessidade tanto midiática quanto política: a mídia enfrenta questões impostas por seu público-leitor e é pressionada por limitações de espaços gráficos, e pela agilidade exigida na (re)produção dos acontecimentos; a política, ao operar um discurso de ideias e poder, por meio de seus atores, propõe, reivindica, denuncia, obedecendo sempre a uma lógica que produz efeitos de verdade. Nesse contexto, voltamos nosso olhar para a análise das notícias online baseadas em falas. Essas notícias mostram-se ricas em sobreasseverações, conceito que, de acordo com Maingueneau (2008-a), envolve as alterações de sentido sofridas pelas declarações, quando de seu destacamento de textos mais amplos e sua inserção em outros contextos. Com o objetivo de categorizar as manobras discursivas visíveis nas sobreasseverações, analisamos a forma como são relatados, em duas revistas online (Carta Capital e Veja), os debates político-televisivos da Rede Bandeirantes e da Rede Globo, no segundo turno das eleições de 2010. Metodologicamente, em um primeiro momento, gravamos e transcrevemos as falas dos debates. Em seguida, confrontamos essas transcrições com as notícias online, tabulamos as sobreasseverações mais recorrentes e efetuamos nossa análise, com base na proposta teórica de Maingueneau (2008-a) e nas análises de Possenti (2009) e Possenti; Baronas (2009). O referencial teórico em que nos ancoramos envolve, além de Maingueneau (2008-a), Krieg-Planque (2011), e estudiosos do Centro de Pesquisa Fórmulas e Estereótipos: Teoria e Análise (FEsTA), entre outros que pesquisam conceitos fundamentais para análise do funcionamento discursivo/midiático das notícias online. Nossos resultados indicam a existência de três tipos de sobreasseveração: o primeiro se evidencia em um processo de síntese; o segundo mantém a literalidade da fala, mas altera o sentido, devido à inserção em outro contexto enunciativo; o terceiro tipo de sobreasseveração implica diversos graus de alteração e compreende estratégias importantes para a (re)produção de sentidos na construção da notícia online. Concluímos que as sobreasseverações, características do funcionamento discursivo-midiático, implicam a modificação de contextos/frases/pessoas gramaticais, fazendo com que os destaques movimentem, silenciem, incluam, invertam sentidos. Podem também ser responsáveis pela produção de pequenas frases, que encontram maior ou menor impacto na sociedade. Palavras-chave: sobreasseveração, debate político, notícia online, estratégias, funcionamento.