logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: O papel temático do professor em campanhas publicitárias
Autor(es): Priscila Florentino de Melo. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 21/10/2019
Palavra-chave publicidade,professor,semitica
Resumo Tomando como embasamento a definição do lexema “professor” em dicionário de língua portuguesa, no presente estudo intentamos buscar sua significação enquanto ator e actante em alguns discursos concretos. Para tanto, pretendemos analisar duas campanhas do governo federal as quais visam chamar a atenção para o papel temático do professor – como adjuvante no processo de aquisição de um saber e consequentemente de um poder fazer – levando o enunciatário a uma conscientização da importância da atuação desse profissional na sociedade brasileira. Buscaremos suporte teórico para este estudo na semiótica discursiva, que por meio de uma análise canônica dos elementos mínimos de significação, chega, por fim, a uma análise do todo de sentido que vem a ser a composição textual, no caso específico da propaganda, uma combinação de vários recursos, sendo os de maior relevância o visual e o auditivo. Nossa análise dará especial destaque aos níveis narrativo e discursivo. No nível narrativo, a teoria destaca os sujeitos relacionados ao esquema narrativo o qual traduz as relações entre os sujeitos e os objetos e as relações do sujeito com outros sujeitos. Observaremos os enunciados elementares presentes na sintaxe narrativa, os enunciados de estado, responsáveis pela relação de junção entre um sujeito e um objeto e os enunciados de fazer, que respondem pela passagem de um enunciado de estado a outro. Já no nível discursivo, que é o nível em que a enunciação projeta atores, espaços e tempos, observaremos de que forma encontram-se projetadas as figuras recobrem o tema do texto. Na análise da visualidade, será ainda nosso objetivo explorar os recursos cromáticos, eidéticos e topológicos dos quais se utilizam os enunciadores. Ao final, apresentaremos um paralelo entre as campanhas mostrando como ambas conduzem o enunciatário para a mesma conclusão, a valorização do papel temático do professor enquanto adjuvante na busca do objeto-valor conhecimento. Destacaremos como os enunciadores, por meio dessas campanhas, buscam uma sanção positiva do enunciatário, por meio do convencimento sobre a importância do professor, sem, no entanto, apontar para uma necessidade de sanção positiva do destinador governo, sanção essa que vá além do simples reconhecimento mostrado, uma vez que, enquanto destinador do sujeito professor, esse sujeito é o sujeito do poder-fazer melhorar as condições de trabalho desse profissional.