logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: UM ESTUDO COMPARATIVO SOBRE O CAMPO SEMÂNTICO “ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO” – ANÁLISE DE CORPUS BILÍNGUE
Autor(es): Fbia Mendes da Silva. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 14/10/2019
Palavra-chave animais de estimao, lingustica de corpus,ONGs
Resumo O presente trabalho, que se encontra ainda em fase inicial, busca tratar mais detalhadamente a linguagem usada ao se remeter aos animais de estimação, tanto em língua portuguesa quanto em língua italiana, fazendo um estudo baseado em corpus (conjunto de textos em formato eletrônico com propósito específico de análise). Este tipo de linguagem específica foi escolhida por ter indícios que alguns termos equivalentes acabam sofrendo equívocos de tradução e por ser notado um crescente número de termos e expressões que se refiram a este tema em particular. De acordo com ALVES & TAGNIN (2010) o tradutor ingênuo – ou tradutor novato – seria aquele que, além de desconhecer as convenções das línguas com que trabalha, acredita na equivalência unívoca entre elas, ou seja, na possibilidade de uma tradução literal ou, na necessidade de tradução de cada item lexical contido no textos de partida.Alguns textos compilados como amostra apresentaram traduções distorcidas sem correlação com a verdadeiro uso da língua. Com este trabalho procuraremos responder às seguintes questões: (i) As diferenças quanto às traduções destes termos específicos, feitas por um tradutor inexperiente, implicam na falta ou na dificuldade de compreensão desta determinada área?,(ii) Quais são as preferências de tradução e os termos equivalentes quando comparadas as duas línguas usando estas variedades específicas de palavras voltadas a tal léxico determinado?, (iii) quais são as diferenças que mais se destacam na análise dos diferentes tipos de gêneros textuais observados e analisados no trabalho?,e (vi) Como cada um deles , em cada idioma, lida com este vínculo que surge a partir da convivência entre o ser humano e os animais domésticos? Para responder às questões propostas contaremos com o auxílio das ferramentas computacionais que a Linguística de Corpus nos proporciona. A partir delas conseguiremos evidenciar e comparar os dados para que as perguntas iniciais sejam respondidas. A utilização de computadores em pesquisas linguísticas vem auxiliando o trabalho de tradutores e terminólogos por facilitar a análise de um grande número de textos de forma mais rápida e prática. Conforme (SARDINHA, 2004, P.3) “a Linguística de Corpus ocupa-se da coleta e da exploração de corpora, ou conjuntos de dados linguísticos textuais coletados criteriosamente, com o propósito de servirem para a pesquisa de uma língua ou variedade linguística”. Por tratar-se de uma metodologia empírica nos faz possível a exploração e a comparação dos dados com exatidão em seus resultados.