logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: A literatura infantil: estratégias sociocognitivas de leitura
Autor(es): ELISA GARCIA BERTONI IDALGO, Juscelino Pernambuco. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 22/10/2019
Palavra-chave Literatura Infantil,Lingustica textual,Estratgias sociocognitivas
Resumo A literatura é uma das atividades fundamentais para o desenvolvimento cognitivo da criança. Se, desde cedo, a criança estiver em contato com a literatura, ela ampliará a sua capacidade de imaginação, atenção, imitação e memória, entre outras. Ler histórias para as crianças proporciona momentos mágicos em sua vida, pois por meio dessas histórias as crianças tem a oportunidade de viver, pensar e agir em seu mundo imaginário. A conquista do pequeno leitor se desenvolve através da relação prazerosa com o livro infantil, onde sonho, fantasia e imaginação se misturam numa realidade única, e o levam a vivenciar as emoções em parceria com os personagens da história, introduzindo assim situações da realidade. Na atividade de leitura são acionadas diferentes estratégias sociocognitivas, as quais movimentam os vários tipos de conhecimentos armazenados na memória do leitor. Entre esses conhecimentos destacam-se o linguístico, o interacional e o enciclopédico. O professor, formador de crianças leitoras, tem de levarem consideração as estratégias sociocognitivas e os conhecimentos por elas mobilizados, no seu trabalho pedagógico de leitura da literatura infantil. Este trabalho de pesquisa que pretendemos desenvolver tem como objetivo verificar como os professores conduzem a prática de leitura pelas crianças em relação às estratégias sociocognitivas e o sistema de conhecimentos. A pesquisa terá fundamentação na Linguística Textual, especificamente nos trabalhos de Koch (2008), Koch e Elias (2010) e nas reflexões e descobertas do filósofo da linguagem, Mikhail Bakhtin (1992). A metodologia do trabalho consistirá na análise do trabalho dos professores de educação infantil de duas escolas, sendo uma particular e a outra municipal. Pretendemos observar os procedimentos adotados pelos professores, desde a escolha de livros para leitura deles para os alunos, na leitura pelos alunos, nas atividades propostas durante e após as leituras e na interação dos alunos com a leitura, com os colegas e com os professores. Os professores, na condição de leitores, são decisivos para a construção do conhecimento textual dos alunos, de forma lúdica e interativa, por meio do prazer provocado pela participação efetiva dos alunos como leitores no processo de construção de sentido do texto, que é a textualidade. Espera-se com a pesquisa analisar as práticas de leitura da Literatura Infantil adotadas e o seu efeito na formação de crianças leitoras.