logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: O posicionamento de Said Ali frente aos estudos filosóficos: uma análise da “escolha de retórica” nas Dificuldades (1919[1908])
Autor(es): Stela Maris Detregiacchi Gabriel Danna. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 21/10/2019
Palavra-chave escolha de retrica,Said Ali,estudos gramaticais
Resumo O presente trabalho pretende verificar a “escolha de retórica” assumida por Manuel Said Ali Ida (1861 – 1953) em seu livro Dificuldades da Língua Portugueza (1919[1908]) com relação à tradição gramatical filosófica, em um período em que os estudos linguísticos no Brasil estariam assumindo contornos “científicos” (Cf. ELIA, 1975; CAVALIERI, 2002). Conforme Murray (1994), entendemos a expressão “escolha de retórica” como o posicionamento explícito de um autor ao referir-se a correntes intelectuais vigentes, podendo esta ser: (i) uma “escolha de retórica” continuísta, em que um agente ou um grupo se revela apoiador ou seguidor de certas ideias consolidadas pela tradição ou pelos grupos em evidência em sua própria época; ou (ii) uma “escolha de retórica” revolucionária em que, por oposição, um agente ou um grupo reivindica rupturas com a tradição precedente ou então com aquilo que está consolidado como forma autorizada de conhecimento em sua comunidade. Como objetivo específico, propomos, então, mapear e analisar “se” e “de que maneira” o autor assume uma “retórica de continuidade” ou uma “retórica de ruptura” com obras gramaticais que se auto-intitulam vinculadas à tradição gramatical filosófica. Para alcançar o objetivo proposto, apresentaremos:(i) uma contextualização do período de emergência das Dificuldades (1919[1908]); (ii) um levantamento dos autores e obras pertencentes à tradição filosófica citados por Said Ali, tomando como base a autovinculação dos próprios gramáticos a esta corrente; e(iii) uma análise de trechos em que Said Ali se posiciona como apoiador ou opositor a esta linha de estudos. A exposição culminará com um esboço interpretativo sobre os possíveis motivos que teriam levado Said Ali a optar pela “escolha de retórica” constatada. Justifica-se este trabalho em função de sua contribuição para o aprofundamento e a melhor compreensão do desenvolvimento dos estudos linguísticos no Brasil entre as décadas finais do século XIX e o início do século XX, isto é, num momento em que há a introdução de propostas ditas “científicas” em estudos antes marcados por um viés considerado filosófico. (Apoio: CNPQ – Processo 130162/2012-4).