logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: ESCOLHA DOS NOMES DE PESSOAS PELOS PIONEIROS DE PALOTINA-PARANÁ
Autor(es): Jssica Paula Vescovi. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 23/10/2019
Palavra-chave ANTROPONMIA,OESTE PARANAENSE,ITALO-GERMNICO
Resumo O presente trabalho é parte integrante do projeto de pesquisa “Influência da ascendência na escolha dos nomes de pessoas em Palotina e Maripá”, pertencente à linha de pesquisa “Estudos da Linguagem: descrição dos fenômenos lingüísticos, culturais e diversidade”, vinculada ao Programa de Pós Graduação Stricto Sensu – Nível Mestrado em Letras, com área de concentração em Linguagem e Sociedade da Unioeste, e busca investigar as influências sofridas na escolha dos antropônimos pelos pioneiros de Palotina e Maripá, cidades do Oeste paranaense conhecidas pela típica colonização italiana e germânica. Tendo em vista que a onomástica (DICK, 1990, 1992) visa estudar o nome próprio, trabalhando em linha documental e com dados oficiais, e que é uma ciência lexicográfica que busca analisar, a partir dos nomes, a história social de determinado grupo, busca-se, com este trabalho, apresentar dados iniciais da pesquisa que está sendo realizada para investigar os nomes próprios dos habitantes de Palotina. Para tanto, pretende-se articular os resultados iniciais do corpus constituído pelos 100 primeiros nomes recolhidos no cartório local, que teve 1957 como o ano de início de atuação no município, com os fatores sociais da época em que a cidade foi desbravada e que estão à disposição da população por meio dos relatos dos pioneiros em Reginatto (1979). Além disso, apresenta-se, neste trabalho, uma análise inicial do perfil nomeador dos colonizadores da cidade na tentativa de traçar um prévio perfil sócio-histórico do município, a fim de relacioná-lo com a instalação de ambas as comunidades na região Oeste do Paraná. Ademais, o objetivo final deste trabalho é, a partir de uma análise etimológica, apresentar resultados inicias quanto à relação existente entre os nomes próprios atribuídos aos palotinenses e a descendência dos nomeadores, a fim de observar se a origem destes prenomes é de italiana/germânica ou de outras etnias, que possam ter influenciado nas tradições locais.