logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: A presença da poeticidade em textos de professores sobre a cidade de Campo Grande, MS: breve análise semiótica
Autor(es): Andria Reis Bacha Moriningo. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 23/10/2019
Palavra-chave poeticidade,semitica discursiva,nvel discursivo
Resumo Como instrumental de análise, a teoria semiótica discursiva recorre a um modelo de abordagem do texto considerando a existência de um plano de conteúdo, organizado em um percurso que vai do mais simples e abstrato ao mais complexo e concreto, que se manifesta pela junção com um plano de expressão; estuda a arquitetura dos sentidos estabelecidos no texto, com as possíveis significações surgidas a partir de como ele faz para dizer o que diz. O percurso de que trata a semiótica é gerativo, explicativo e preditivo, e representa um simulacro metodológico, em que se correlacionam níveis de abstração do sentido. Neste estudo, analisar-se-ão, com base na semiótica discursiva, textos literários que compõem a obra “Campo Grande em verso e prosa”, coletânea de textos que contam a história da cidade, da população, da beleza natural do local, das diversas etnias que nela habitam. Selecionamos, dentre eles, quatro textos em versos para procedermos à análise. Os autores recriam nas palavras um mundo com características de seu universo imediato, de fatos e causos que marcam a cultura dessa região, produzindo efeitos de sentido de verdade, a partir dos simulacros do mundo natural e social. Os textos são analisados tendo em vista o postulado de sistemas semissimbólicos, que explicam os efeitos de sentidos gerados pela sonoridade, pelo ritmo, pela disposição das palavras no texto, pelas figuras de linguagem. Deve-se ressaltar que a observação do semissimbolismo revela alcance teórico e analítico, uma vez que, de um lado, oferece condições para se discutir o papel da percepção sensorial na construção do sentido, e, de outro, permite o exame das relações entre expressão e conteúdo, o que nos possibilita compreender, com maior respaldo teórico, os textos poéticos. No plano discursivo do percurso gerativo do sentido, consideramos as diferentes isotopias figurativas e temáticas que garantem a unidade do discurso. Com este trabalho, busca-se explicitar a intencionalidade do enunciador ao apresentar um mundo construído pelo discurso, relacionado ao objeto cidade que se encontra subjetivizado por sua visão, e elaborado textualmente por procedimentos de conteúdo e expressão que produzem um efeito de realidade.