logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: Uma visão dialógica a respeito das diferenças na sociedade
Autor(es): Vania Maria Medeiros de Fazio Aguiar. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 21/10/2019
Palavra-chave relaes de sentido,preconceito racial,charge jornalstica
Resumo A multiplicidade de perspectivas propiciadas pela leitura e discussão de enunciados provenientes de várias esferas de comunicação permite à escola ser um espaço de grande valia para fomentar mudanças em nosso cotidiano. Observar e discutir os efeitos de sentido percebidos em enunciados da mídia impressa pode ser um caminho para orientar os aprendizes a olharem de maneira crítica os diversos discursos que neles ecoam sobre as diferenças na sociedade. A proposta desse trabalho é apresentar sugestões de análise das linguagens midiáticas como subsídio aos profissionais de educação, com base na teoria bakhtiniana. Como preconiza a teoria dialógica da linguagem, o sujeito é um elo no universo da multiplicidade de vozes que habitam os discursos circulantes no antes, no agora e com projeção no futuro. Além das obras de Mikhail Bakhtin e o Círculo (2003, 2009, 2010) com as quais foi possível analisar dialogicamente a materialidade de cada enunciado, também foram utilizadas outras concepções teóricas relacionadas à linguagem verbovisual baseada em Dondis (2007) e à leitura da charge jornalística baseada em Romualdo (2000). Para o atual estudo foram selecionados a charge de 12/09/2012 e o editorial de 14/09/2012, do jornal Folha de S. Paulo, referentes à retirada do livro Caçadas de Pedrinho, de Monteiro Lobato, do Programa Nacional Biblioteca na Escola, cuja ação foi motivada pelo emprego de palavras na obra que poderiam remeter ao racismo. Na opinião escrita observa-se a posição axiológica do órgão de imprensa refletida nas escolhas linguísticas do enunciado. Nas configurações imagéticas examinam-se as relações de sentido com o texto escrito numa relação sócio-histórica a respeito do preconceito racial na sociedade brasileira. A aplicação dos conhecimentos da linguagem visual permitiu observar a imagem de maneira a dar relevância aos elementos individuais, ao poder expressivo das técnicas do enunciador e ao contexto do meio que a envolve. Espera-se que esse estudo desenvolvido sob a perspectiva dialógica da linguagem venha a acrescentar algo ao universo educacional, auxiliando os aprendizes na formação de um julgamento crítico das opiniões apresentadas pela mídia impressa, além de estimular futuras pesquisas nos estudos da Linguística Aplicada.