logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: Enunciação e erotismo nas artes plásticas
Autor(es): saulo nogueira schwartzmann. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 23/10/2019
Palavra-chave enunciao,sentido,artes plsticas
Resumo Esta comunicação tem como objetivo apresentar um estudo sobre as escolhas enunciativas do artista plástico brasileiro Wesley Duke Lee na sua obra Série das Ligas e sobre como o enunciatário contribui para a formação do sentido erótico. Nossa investigação se ocupará dos traços e dos elementos da obra de arte do artista plástico que produzem o efeito discursivo de erotismo. O que nos importa especificamente é o fazer desse artista, bem como suas escolhas enunciativas, que situa a figura das “ligas femininas” ora sob a configuração mais pictórica, ora mais sob a configuração de desenho sabendo que as obras da Série das Ligas de Wesley são elaboradas com materiais diversos, o que justifica nosso intento em diferenciar os efeitos de sentido que cada um proporciona. É de se notar que o erotismo, tanto no desenho quanto na pintura, atualiza-se no contrato entre enunciador e enunciatário. Pressupondo que o termo erotismo está vinculado a termos como “querer revelar”, “querer ver” e a enunciação artística ao “fazer querer”, a “descoberta” seria uma escolha do enunciador quando da enunciação de seus elementos estruturantes eróticos, tanto da ordem da expressão quanto da ordem do conteúdo. Assim, podemos dizer que o erotismo não está necessariamente na percepção e no reconhecimento das ligas, figurativizadas, já que as ligas são metonímias do erotismo e é na revelação dessas ligas que o erotismo se apresenta. O erotismo, portanto, não está exatamente no desenho das ligas, mas na construção do enunciador, que distancia a figura feminina do referencial da semiótica do mundo natural, deslocando-a para um universo estético próprio da matéria da pintura. Com base nessas propostas, vamos verificar sob o ponto de vista da semiótica tensiva como a enunciação das obras que compõem a "Série das Ligas" contribui para que o sentido estético sobressaia ao sentido puramente ilustrativo e utilitário de um corpo feminino com trajes íntimos.