logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: Projetos sociodiscursivos e formas de recepção dos gêneros notícia e horóscopo
Autor(es): Ev ngela Batista Rodrigues de Barros. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 22/10/2019
Palavra-chave gneros discursivos,projeto sociodiscursivo,notcia e horscopo
Resumo Pesquisas recentes em Linguística Aplicada (LA), sob o escopo da Análise Dialógica do Discurso (ADD), baseadas nos pressupostos seminais de Bakhtin (2003, 2006), Bakhtin e Volochinov (2002), e realizadas por autores como Rojo (2005), Brait (2005, 2006), Rodrigues (2005), Acosta (2008) e outros, têm reiterado a centralidade do estudo dos diferentes gêneros (tomados como realizações discursivas portadoras de relativa estabilização formal), que circulam nas distintas esferas comunicativas pelas quais transitam os indivíduos em seu cotidiano. Nestas interações, o dialogismo se apresenta como princípio constitutivo da linguagem. Considerando o funcionamento real da língua, é possível desvelar as estratégias pelas quais indivíduos concretos, situados socioeconômica e culturalmente, relacionam-se consigo e com o outro por meio de suas enunciações, resgatando, nos seus, discursos alheios que os precederam. O estudo dos diversos gêneros, tomados como instanciações particulares de relações intersubjetivas e sociais, contribui para a apreensão de fenômenos mais amplos relativos à linguagem humana. Neste sentido, a pesquisa em foco, além de considerar a teorização concernente ao tema de forma mais ampla – gênero, discurso, tipologia textual -, bem como de forma mais específica – os projetos sociodiscursivos dos gêneros notícia e horóscopo -, por meio de um levantamento empírico realizado com 114 graduandos da PUC Minas (cursos de Administração, Ciências Contábeis e Letras) busca responder às seguintes questões: como o leitor (receptor dos gêneros em tela, em suportes variados) “experiencia” tais enunciações, que lhe chegam materializadas sob essas duas molduras textuais, isto é, de que forma se verifica a apreensão destes? Que valor lhes atribui? Trata-se de uma postura individual ou fomentada coletivamente, consolidada por uma maneira específica de valorar a produção e o consumo de certos gêneros? Que aspectos léxico-semânticos e gramaticais concorrem para promover o acoplamento de determinada valoração a cada um dos gêneros mencionados? Espera-se, com os resultados obtidos, lançar luzes sobre um modo particular de produzir sentido, a partir da materialidade linguística dos gêneros, relacionando-a com as condições em que os mesmos foram engendrados, e, desta forma, contribuir para uma compreensão mais ampla das práticas de linguagem.