logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: Uma reflexão sobre a interlíngua na produção oral de estudantes de Letras/Espanhol em contexto de estágio docência
Autor(es): Kelly Cristiane Henschel Pobbe de Carvalho. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 21/10/2019
Palavra-chave interlngua,espanhol,formao de professores
Resumo No contexto do Centro de Línguas e Desenvolvimento de Professores da UNESP de Assis (CLDP), desenvolvemos um projeto com o intuito de propiciar espaço de assessoria e supervisão aos alunos do curso de Letras/ Espanhol, que atuam como professores em suas atividades de estágio docência. Nessa experiência de supervisão, é possível investigar e identificar as principais dificuldades linguísticas e metodológicas que esses alunos-professores apresentam em relação ao processo de ensino-aprendizagem de E/LE (espanhol/ língua estrangeira), bem como observar as estratégias que são utilizadas para superá-las, além de propor alguns encaminhamentos. Essa comunicação se propõe a apresentar uma breve análise sobre as características da interlíngua desses alunos professores, em seu processo de formação inicial. Os pressupostos metodológicos que sustentam essa investigação estão ancorados no arcabouço da pesquisa qualitativa, de cunho interpretativista, nos moldes explicitados por Lüdke e André (1986), quando afirmam que neste tipo de pesquisa há ênfase no processo e preocupação em se retratar a perspectiva dos participantes, além do ambiente natural ser a fonte direta dos dados. Tais características enquadram-se aos nossos objetivos, uma vez que desenvolvemos uma pesquisa na universidade, no contexto de um Centro de Línguas e Desenvolvimento de Professores, enfocando a formação inicial de professores de espanhol/ língua estrangeira, a produção de sua independência e o desenvolvimento de sua capacidade reflexiva. Nessa linha de pesquisa, o objetivo da relação pesquisador e professor não é só informar, mas produzir a independência e desenvolver a capacidade de reflexão desse último (TELLES, 2002). A metodologia qualitativa, portanto, além de permitir-nos observar todo movimento do processo pesquisado, caracteriza-se por esse caráter emancipador. Os participantes desta pesquisa são alunos do curso de graduação em Letras, com habilitação em espanhol, que desenvolvem seus estágios no referido Centro, ministrando aulas de espanhol para a comunidade interna e externa ao câmpus. Como instrumento de coleta de dados, utilizamos gravações de aulas em áudio e/ou vídeo. Subsequentemente, as gravações são transcritas gerando dados para análise com respaldo na teoria de estudos interlíngua, aqui proposta. Para complementar os dados, também utilizamos entrevistas, questionários e atividades reflexivas, projetadas pelo próprio grupo participante. Até então, os dados apontam para o fato de que alunos de Letras/Espanhol apresentam, mesmo nos estágios mais avançados, dificuldades quanto ao desenvolvimento da habilidade linguístico-comunicativa ou domínio efetivo do idioma estrangeiro.