logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: Saussure entre o geral e o particular: o caso do lituânio
Autor(es): Eliane Mara Silveira, Michelle Landim Brazo. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 21/10/2019
Palavra-chave Saussure,lngua,fala
Resumo O estudo das línguas particulares concorreu para o desenvolvimento do projeto teórico de Saussure tal como ele é conhecido atualmente. Entre esses estudos destaca-se aquele feito sobre o Lituânio que, entre tantas línguas estudadas por Saussure, parece ter contribuído de maneira singular na construção teórica do que hoje se reconhece como Linguística Moderna. Sabe-se muito pouco a esse respeito, embora tenhamos acesso a informações que evidenciam o muito que Saussure dedicou-se ao tema. A longa trajetória inicia-se em 1880, quando Saussure viaja à Lituânia para uma pesquisa sobre a língua. Em Paris ele irá, em 1888, ministrar um curso sobre o lituânio e, em 1889, apresentar uma comunicação sobre o tema, que será publicada em 1894, ano em que fará uma exposição sobre o acento lituânio em Genebra e publicará mais um artigo sobre o assunto. Ainda se contabiliza um grande número de folhas manuscritas por Saussure sobre o lituânio e muitas cartas trocadas entre ele e estudiosos da época. Depois de um relativo silêncio, ele retorna ao tema, em 1909, durante o segundo Curso de Lingüística Geral, em Genebra. A especificidade da língua lituânia, por um lado, e a quantidade de manuscritos saussureanos, por outro, têm dificultado a pesquisa sobre o tema. Contudo, o reconhecimento do lugar teórico dessa produção específica de Saussure, no conjunto maior da sua produção geral sobre a língua, é recorrente entre os seus estudiosos, De Mauro (1974), por exemplo, afirma que a distinção entre língua e fala remonta a essa viagem que Saussure fez à Lituânia. Nessa esteira podemos afirmar que um estudo a respeito dos trabalhos de Saussure sobre o Lituânio tem o potencial de revolucionar o nosso conhecimento atual a respeito do percurso teórico de Saussure na constituição da linguística como ciência. Considerando a importância do tema, examinamos um manuscrito saussureano - o Ms. Fr. 3953, que está arquivado na Biblioteca de Genebra e contém 671 páginas - com o objetivo de averiguar a relação entre a pesquisa de Saussure sobre o lituânio e a sua teoria geral sobre a língua. Destacamos nessa pesquisa três aspectos teóricos relevantes na teoria saussureana: a noção de unidade, relação e sistema. Eles estabelecem um laço entre a pesquisa sobre o lituânio e a reflexão sobre o objeto da linguística, ou, mais especificamente entre o particular e o geral, evidenciando uma relação entre a observação e a teorização na produção teórica de Saussure.