logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: Leitura na perspectiva discursiva: a inscrição de sujeitos e sentidos no ciberespaço
Autor(es): Ludmila Ferrarezi. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 22/10/2019
Palavra-chave Leitura,Discurso,Internet
Resumo Partindo de um referencial teórico-metodológico que abrange os conceitos desenvolvidos no âmbito da Análise do Discurso de linha francesa- especialmente aqueles cunhados pelo seu principal articulador Michel Pêcheux-, bem como uma abordagem sócio-histórica da Internet e dos novos recursos que ela trouxe consigo, apresenta-se, nesse texto, algumas considerações elaboradas ao longo do desenvolvimento de um projeto de doutorado. Desse lugar teórico é possível lançar um olhar crítico sobre os percursos do sujeito na/pela rede e os arquivos discursivos em constante circulação e (re)construção na fluidez do ciberespaço, não levando em conta apenas as questões técnicas aí implicadas, mas, principalmente, o seu caráter político e ideológico. Direcionar o olhar para a materialidade do digital implica pensar sobre o que (não) mudou, no que se refere à produção e circulação de sentidos no (ciber)espaço discursivo, cujos efeitos emergem agora sustentados por outras condições de produção, que não podem ser ignoradas. Posto isto, destaca-se como objetivos desse trabalho: 1) perscrutar os movimentos do sujeito-navegador nos (ciber)espaços de circulação de leitores e (dizeres sobre) leituras, investigando as práticas de leitura especialmente no que concerne ao seu caráter plural, heterogêneo, social, comunitário e compartilhável, que encontra, na Internet, novos recursos que possibilitam a transposição de uma noção simplista- que significa o ato de ler pelo viés da pretensa univocidade do sentido e passividade de um sujeito de-codificador de mensagens; 2) analisar as posições-sujeito que um individuo pode assumir, ao ser interpelado pela ideologia e inscrever(-se em) um dizer sobre a leitura, no entrelaçamento com outros sujeitos e sentidos em trânsito nas redes da Internet. Tais redes são marcadas pela fugacidade e a instantaneidade pautadas na lógica do tempo real, que rege as conexões e um (ciber)espaço que só existe a partir do momento em que lá se adentra. Por fim, frisa-se que tais objetivos advêm do desejo central que move essa pesquisa, qual seja, o de investigar se/como está sendo posta em (dis)curso uma mudança nas práticas de leitura que ocorrem no suporte digital, que ainda é pouco estudado sob a perspectiva da Análise do Discurso, justificando-se, assim, a importância da pesquisa em andamento.