logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: Desafios na tradução dos elementos do Candomblé para a língua inglesa
Autor(es): Laura de Almeida. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 21/10/2019
Palavra-chave traduo cultural,lngua e cultura,intraduzibilidade
Resumo A questão cultural é uma característica primordial nas obras de Jorge Amado, ou seja, o escritor apresenta vários aspectos da cultura baiana em seus romances. Neste contexto, a presente pesquisa justifica-se na medida em que visamos apresentar um panorama das relações culturais na obra do autor, refletindo-se sobre as impossibilidades da tradução e a crescente ruptura da associação entre língua e cultura e suas influências para a prática de tradução. Dentre os objetivos, almejamos identificar aspectos da tradução cultural extraídos da obra intitulada Gabriela, Cravo e Canela em face de traduções para o inglês americano como Gabriela, Clove and Cinnamon. Outro objetivo é identificar os elementos do Candomblé e os recursos utilizados visando à tradução da obra em questão. Para tanto, selecionamos trechos da tradução ligados à temática proposta e confrontamos a tradução para o inglês com o original em português. Nosso quadro teórico situa-se nos estudos sobre a impossibilidade da tradução abordada por MOUNIN (1963) e discutidas por RONÁI (1976); estudos da tradução baseados nos procedimentos técnicos da tradução categorizados por VINAY y DARBELNET e por VÁSQUEZ-AYORA e apresentados por CAMPOS (1987). O presente estudo também apoia-se nas pesquisas sobre tradução cultural de AUBERT (1995). A fim de conhecermos os aspectos da africanidade e suas significações abordamos a obra sobre a linguagem do candomblé de PÓVOAS (1989) e os estudos sobre o candomblé da Bahia apresentados por BASTIDE (2001). A metodologia empregada realiza-se por meio de uma combinação de análises semi-manuais e de análises computadorizadas. Inicialmente, em uma análise qualitativa, buscamos levantar as áreas semânticas consideradas preferenciais do autor. A seguir, em uma análise quantitativa, buscamos verificar se esses vocábulos preferenciais são recorrentes e significativos. Desta forma, analisamos alguns trechos da obra com base nos procedimentos teóricos da tradução e na fundamentação teórica adotada. Nesta comunicação, apresentamos os resultados a serem atingidos, ou seja, as marcas destinadas a facilitar a compreensão do leitor nos respectivos textos traduzidos, assim como a investigar as estratégias mais utilizadas e a classificação das mesmas.