logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: A hipertextualidade virtual e a produção de gêneros acadêmico-científicos: uma abordagem reflexiva sobre as possibilidades pedagógicas na construção da escrita científica discente
Autor(es): Ana Paula Alves Bleck Duque. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 23/10/2019
Palavra-chave Anlise do Discurso,Hipertexto,Redao Cientfica
Resumo A Era da Informação abre caminhos para intensas discussões acerca da proliferação de recursos midiáticos e hipertextuais disponíveis na sociedade. O desenvolvimento da tecnologia e o avanço da internet propiciou o aparecimento de gêneros discursivos bem diferentes daqueles comumente acessados em sua forma impressa. Há um vocabulário novo, uma linguagem icônica e uma escrita hipertextual que conduzem o leitor por caminhos quase sempre não lineares sobre os quais se deve, diariamente, aprender a caminhar, sem que se possa, no entanto, deixar de trilhar o meio impresso dos gêneros textuais. No âmbito educacional, um dos grandes desafios dos educadores é conciliar os recursos midiáticos e hipertextuais da internet ao processo de ensino-aprendizagem de leitura e escrita de gêneros não virtuais. No Ensino Superior, por exemplo, o exercício técnico-científico é motivo de grande preocupação entre os educadores pela influência de uma habitual leitura predominantemente virtual e pelo desconforto que este tipo de trabalho traz a maior parte dos estudantes. A aprendizagem da escrita científica dos gêneros acadêmicos preocupa, principalmente, em termos intertextuais éticos. A formalidade com que são tratados e a rigidez normativa imposta sobre a sua escrita hipertextual são bastante diferentes do hipertexto livre a que se tem acesso na internet, o que favorece o medo e o afastamento do aluno da cientificidade desse tipo de escrita. Diante da negatividade desses fatos, o presente estudo parte de questionamentos acerca do grau de influência que os hipertextos virtuais exercem sobre a escrita científica do graduando e, ainda, sobre as possibilidades de ação dos professores mediante tal influência. Sendo assim, esse estudo tem como objetivo contribuir para uma abordagem reflexiva sobre as implicações educativas do hipertexto virtual na escrita científica e hipertextual dos gêneros acadêmicos. Para tanto o estudo fundamenta-se na perspectiva backtiniana dos gêneros discursivos e complementa-se com os pressupostos teóricos da Análise do Discurso sobre subjetividade, condições de produção e heterogeneidade.