logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: A responsividade do leitor no gênero carta do leitor e comentários de Facebook: embates discursivos acerca da renúncia do papa Bento XVI
Autor(es): Simone Ribeiro de Avila Veloso, Artur Daniel Ramos Modolo. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 14/10/2019
Palavra-chave carta do leitor,comentrios de Facebook,gneros do discurso
Resumo O presente trabalho tem por objetivo considerar a responsividade do leitor no gênero carta do leitor em enunciados concretos publicados pelo jornal Folha de S. Paulo entre os dias 12 e 21 de fevereiro de 2013 com vistas a observar as polêmicas discursivas de-senvolvidas em torno da renúncia do papa Bento XVI. Inerentes a esse processo de aná-lise, constituir-se-ão foco de atenção as interlocuções entabuladas pelos internautas da rede Facebook do mesmo jornal, no período correspondente às publicações impressas. A pesquisa centraliza as reflexões não apenas em torno do conceito bakhtiniano de gênero do discurso e da importância do mídium como elemento constitutivo de sentido, mas considera igualmente a responsividade do leitor nos dois contextos enunciativos. Tal responsividade emerge delineada pela polêmica aberta, quando a palavra do outro cons-titui-se foco de contestação por meio da retomada do discurso alheio produzido principalmente em outros enunciados de teor opinativo, como artigo de opinião. Contudo, igualmente a polêmica velada configura-se modo de refração de outros discursos quando o leitor/internauta/autor avalia um conteúdo temático de modo a tornar implícita a voz do outro com o qual polemiza. A esse propósito, revela-se de fundamental impor-tância o conceito de autoria na visão bakhtiniana e que pressupõe escolhas linguísticas sinalizadoras de posicionamentos ideológicos. Resultados parciais de análise evidenci-am, nas cartas dos leitores, a predominância de dois tipos de autoria: 1) os que não reve-lam o posicionamento religioso e que demonstram diferentes matizes avaliativas acerca do evento; 2) os que assumem a condição de católicos e que evidenciam variados posi-cionamentos axiológicos a propósito do mesmo acontecimento. No tocante aos enunciados da rede Facebook do jornal Folha de S. Paulo, constata-se, a princípio, a ênfase no processo interativo, de forma que o autor não demonstra preocupar-se precipuamente em destacar seu posicionamento ideológico. Tais estudos consideram a tipologia de discursos delineada no âmbito da Análise Dialógica do Discurso.