logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: A influência da opção religiosa nas respostas à área semântica Religião e Crenças no Território Incaracterístico
Autor(es): Marigilda Antnio Cuba. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 23/10/2019
Palavra-chave atlas lingustico,territrio incaracterstico,crenas e religio
Resumo Os fatores que ocasionam as variações linguísticas estão intrinsecamente relacionados a uma rede de circunstâncias internas e externas à língua. Alguns desses fatores podem ser traduzidos na relação entre língua e espaço físico, são as variações geográficas que, por sua vez, estão constantemente condicionadas a fatores sociais, culturais e históricos. O léxico de uma comunidade, por sua vez, traduz os mitos e as crenças que permeiam o imaginário dos falantes de uma região. Partindo dessa premissa, são analisadas, neste trabalho, as designações fornecidas como respostas pelos informantes do Atlas Linguístico das Variedades do Português falado no Território Incaracterístico (Nascentes, 1922), projeto de tese de doutorado, em andamento, para as perguntas 43 (designações para diabo);44 (o que certas pessoas fazem para prejudicar alguém...); 45 (objeto que as pessoas usam para dar sorte) e; 46 (mulher que tira o mau-olhado com rezas), da área semântica Religião e Crenças. O projeto, ancorado nos pressupostos teórico-metodológicos da Dialetologia Pluridimensional, tem sua rede de pontos formada por onze localidades, distribuídas nos Estados de Goiás (Pilar de Goiás), Mato Grosso (Aripuanã, Diamantino, Guarantã do Norte, Juara, Luciara, Nova Xavantina e Sinop), Rondônia (Guajará-Mirim e Ji-Paraná) e Tocantins (Formoso do Araguaia). Em cada localidade, foram realizados quatro inquéritos, com dois informantes de cada perfil, sempre que possível, totalizando oitenta e seis informantes para o projeto. Este trabalho tem como objetivo analisar as variantes documentadas para essas perguntas, observando, dentre outros aspectos, a manifestação da visão de mundo do falante, materializada nas respostas dos informantes do território incaracterístico, já que grande parte desses informantes tem uma sólida formação religiosa voltada para o Protestantismo, Catolicismo e Espiritismo, fato que podem motivar e influenciar o repertório vocabular dos habitantes dessas localidades, na área semântica selecionada. O estudo contribuirá para o conhecimento dos fatores que influenciam o léxico regional, além de ratificar a importância dos fatores sociais em pesquisas geolingüísticas, porquanto essas variantes elencadas traduzem aspectos da dimensão mágico-religiosa da palavra.