logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: Redução de gêneros: a presença simplificada das histórias em quadrinhos no Enem
Autor(es): Paulo Ramos. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 22/10/2019
Palavra-chave Histrias em quadrinhos,Gneros,Enem
Resumo Esta comunicação objetiva fazer uma leitura crítica das questões com histórias em quadrinhos utilizadas no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), aplicado anualmente pelo governo federal brasileiro. A proposta é mapear os gêneros quadrinísticos usados nos testes, desde a primeira edição da prova, para demonstrar que há a predominância: 1) de temáticas ligadas ao humor; 2) do gênero tira cômica. Tais constatações evidenciam uma redução dos gêneros dos quadrinhos às suas produções ligadas ao humor, em particular as tiras cômicas. Isso não só simplifica a realidade textual das histórias em quadrinhos que circulam no país como também contrasta com as obras em quadrinhos levadas às escolas do Ensino Médio por meio do PNBE (Programa Nacional Biblioteca da Escola), também mantido pelo governo federal e que tem por meta compor acervos de bibliotecas escolares de todo o país. A partir de 2006, o programa inseriu livros com histórias em quadrinhos no lote de obras compradas para serem levadas às instituições de ensino. A maior parte do acervo é composta por outros gêneros dos quadrinhos – distintos dos do Enem –, entre os quais se destacam os compostos por narrativas mais longas, entre as quais figuram com destaque as adaptações de clássicos das literaturas brasileira e estrangeira. O ponto que se procura destacar é que há uma simplificação dos gêneros dos quadrinhos presentes no ensino e uma aparente contradição nas políticas voltadas à inclusão de histórias em quadrinhos no campo escolar – o que se adquire para ser levado às escolas, por exemplo, tende a não aparecer nas questões usadas pelo Exame Nacional do Ensino Médio. A exposição irá adotar como corpus: 1) as provas do Enem, da primeira, realizada em 1998, à mais recente, aplicada no segundo semestre de 2012; 2) os acervos de obras em quadrinhos que compuseram as listas do PNBE, de 2006 até 2012. A proposta é detalhar os gêneros dos quadrinhos presentes em ambos, qualitativa e quantitativamente, de modo a fundamentar as premissas aqui expostas. A fundamentação teórica irá se ancorar em teorias ligadas aos estudos dos gêneros, com particular interesse nas propostas elaboradas por Bakhtin e Maingueneau, e em estudos relacionados à aplicação das histórias em quadrinhos no ensino e no campo do texto.