logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: Produção de Narrativa Oral Infantil : relato de um experimento
Autor(es): Ana Virginia Gomes de Souza Pinto. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 14/10/2019
Palavra-chave situao-problema,estados mentais,tutela
Resumo O objetivo, neste trabalho, é de examinar em crianças pequenas a reprodução de uma história, a partir da apresentação de uma sequência cronológica de imagens, com eventos que envolvem uma situação-problema ,disputa pela posse de um caminhãozinho, a ser resolvida pelos personagens. Neste sentido, a intenção é observar os níveis de produção e compreensão de linguagem na criança, enfatizando os processos mentais, que norteiam as relações e interação adulto-criança, em que a tutela do adulto, entendida como um conjunto de intervenções, permite à criança resolver uma tarefa, que, sozinha, ela não seria capaz . (Bruner ,1991 e outros autores). A escolha desse experimento, que se apóia no trabalho de Shapiro e Hudson (1997 apud Spinillo (2001), em que as crianças, na faixa dos 6 anos, diante de gravuras ,que envolvam uma situação-problema, fazem um trabalho mais elaborado do que com histórias produzidas a partir de gravuras, que sugiram apenas uma sequência temporal de eventos. Este estudo mostra também, em que medida as crianças compreendem que estados mentais, internos e inobserváveis, tais como intenções, vontades, conhecimentos e crenças existem e influenciam os comportamentos das crianças, e que podem ser diferentes de uma pessoa a outra (Veneziano & Hudelot , 2002 e outros autores.) O material escolhido foi a história “A briga”, extraída do livro Cabra-Cega de Eva Furnari (2003). O local da coleta dos dados foi a EMEI ‘Monte Castelo’, na cidade de São Paulo. Os sujeitos selecionados : quatro crianças (três meninos e uma menina). Os dados foram coletados, em sala de leitura, durante quatro sessões: aquecimento, apresentação de imagens , produção de narrativa oral individual da história, com e sem a tutela do adulto. Concluímos pela importância da tutela, na medida em que favorece a ocorrência de efeitos discursivos esperados ou inesperados, na produção infantil. Os resultados mostram um desenvolvimento gradual, influenciado por vários fatores, como idade, escolaridade e interações sociais diversas e pelo domínio que a criança possui da estrutura narrativa.