logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: Tecnologia e Segurança: políticas de significação no corpo da cidade
Autor(es): MARCOS AURLIO BARBAI. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 21/10/2019
Palavra-chave Cidade,Segurana,Tecnologia
Resumo A segurança pública, um serviço fundamental aos cidadãos e uma commodity de nossos tempos, é uma política pública que se sustenta no diagnóstico da cidade e do sujeito urbano buscando atingir os processos de gerenciamento do sujeito investido no corpo social. Para viver em sociedade, em nome da segurança, nós temos produzido tecnologias cuja função é medir tudo o que, no corpo da cidade, pode vir a acontecer. Nessa direção, a segurança é concebida como a realidade material e o sentido capaz de impedir, prever e antecipar todo e qualquer acontecimento que ameace a vida em sociedade, vida essa que se tece também no espaço digital. O nosso objetivo, neste trabalho, ancorados nos princípios teóricos e metodológicos da Análise de Discurso, é desenvolver uma análise do funcionamento de um serviço público, materializado hoje no mundo digital, com a Delegacia Eletrônica (http://www.ssp.sp.gov.br/bo), mantida pela Secretária de Segurança Pública do Estado de São Paulo, que oferece para a população a possibilidade de registrar um Boletim Eletrônico de Ocorrência, igual ao que se faz nas Delegacias, documentando oficialmente o furto ou a perda de documentos, de aparelho celular, de veículos, o desaparecimento e o encontro de pessoas, assim como os crimes de ameaça, injúria, calúnia e difamação. Queremos estudar a denúncia e o registro desses litígios, tão comuns no corpo da cidade, acontecimentos da ordem urbana, materializados no ambiente digital. Guia-nos, aqui, duas questões: como os sentidos de denúncia de um crime ou atentado, localizados e referidos, no corpo da cidade, ao espaço físico e simbólico das delegacias, se textualizam no ambiente digital? Registrar um Boletim de Ocorrência na Delegacia Eletrônica, como anuncia o site da Secretaria Pública de Segurança, tem o mesmo valor (sentido e referência) que aquele que se faz nas Delegacias, dos Distritos Policiais? Para se viver em segurança, no corpo da cidade, a tecnologia tem sido a ferramenta atual e a nossa aposta, enquanto sociedade, para resolver o sentido daquilo que não vai bem quando se vive com o outro.