logo

Programação do 61º seminário do GEL


61º SEMINáRIO DO GEL - 2013
Título: A História das Ideias Linguísticas no Sul e a constituição de Fundos Documentais
Autor(es): Simone de Mello de Oliveira. In: SEMINÁRIO DO GEL, 61 , 2013, Programação... São Paulo (SP): GEL, 2013. Acesso em: 23/10/2019
Palavra-chave Arquivo,Lingustica,Fundos documentais
Resumo O presente trabalho se insere na pesquisa “Linguística no Sul: estudos das ideias e organização da memória”, desenvolvida no Laboratório Corpus. Nosso estudo tem como objetivo principal a reflexão sobre a constituição da memória e da história disciplinar dos Estudos da Linguagem na contemporaneidade no contexto do Sul do Brasil, através de arquivos pessoais de pesquisadores. Atividade esta que vem sendo desenvolvida/pensada, em parte, a partir da criação de fundos documentais de professores aposentados ou desaparecidos. Um exemplo é o Fundo Documental Neusa Carson, constituído a partir da doação da família de documentos, tais como manuscritos, datiloscritos e cópias de documentos, certificados, correspondências com pesquisadores e universidades do Brasil (Matoso Câmara, Aryon Rodrigues) e do exterior, datadas dos anos 70 e 80, projetos de pesquisas, planos de viagens de estudos etc. Esta pesquisadora de línguas indígenas, professora da UFSM, foi vanguardista na sua formação, realizou seu pós-doutoramento em 1985, nos EUA, onde também realizou mestrado e doutorado e tem seu lugar marcado nos estudos linguísticos deste período. Nosso trabalho não é retirar essas ideias linguísticas do “arquivo morto” e recolocá-las na pauta do dia, da pesquisa linguística no Sul do Brasil, mas sim recuperar a devida dimensão desses estudos e dessa estudiosa, historicizando a linguística que se fazia na década de 70. Como estamos fazendo com a publicação do número 37 da coleção Fragmentum, que tratará sobre o Fundo Documental Neusa Carson e também através de uma exposição, que retomará desde as gravações de áudio da tribo dos Macuxis, originais de artigos inéditos, cartas, etc. até depoimentos de linguistas brasileiros e estrangeiros. O principal conceito mobilizado é o de arquivo, que será discutido e desenvolvido a partir da experiência com a constituições dos fundos e da posição-sujeito de quem produz conhecimento sobre a linguagem. (Apoio: CAPES - PNPD - Processo nº 2945/2011).